A favela na visão de dois artesãos/artistas

Quem se lembra da abertura da novela Duas Caras (2007), da Rede Globo? O carioca Sérgio Cezar, “o arquiteto do papelão”, criou com lixo, sucata e materiais reciclados uma favela reunindo 1.500 maquetes que, juntas, ocuparam uma área de 64m². Há vinte anos, Sérgio trata de questões como meio ambiente e inclusão social. Em 1998, criou a ONG Recuperar-te com o objetivo de desenvolver projetos de inclusão social. Lá, Sérgio dá cursos de artesanato para crianças e jovens de comunidades carentes.

A favela produzida recentemente por Ana Serrano é um pouco diferente.  É produzida com esculturas de papelão e cartolina, utilizando colagens e recortes. A artista plástica americana, filha de pais mexicanos, também explora temas como posições socioeconômicas e culturais, estilo de vida, arquitetura e formas.

Veja outros projetos da artista em http://www.anaserrano.com

Fonte: radar55, olivier anquier

About these ads

5 Respostas para “A favela na visão de dois artesãos/artistas

  1. q maquete bem loka e sustentavel fala serio heim…………………..

  2. Pingback: Votação popular para indicar melhor roteiro do projeto “Filma Brasil” « Babel das Artes

  3. Analfabetos!!!!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s