Arquivo da tag: cerâmica

Prato de parede e vasos de cerâmica para decoração

Prato de cerâmica modelo Ilha R$ 36 + frete

Prato de cerâmica modelo Ilha (côncavo) de R$ 30, 35 e R$ 40 (P, M, G)

Prato modelo Mandala de R$ 15 a R$ 35

Prato modelo Mandala (plano) de R$ 24, R$ 28 a R$ 32 (tam. P, M, G)

Vasos a R$ 35

Vasos a R$ 35 (em temática rupestre)

A coleção de objetos decorativos — feitos de forma artesanal por uma pequena cooperativa de artesãos no Rio Grande do Norte — reúne pratos de parede modelo Ilha (côncavos) e modelo Mandala (plano) nos tamanhos P, M e G, além de vasos (boca redonda, modelo garrafa e decorado com sisal).

São objetos decorativos com dois temas básicos: rural e rupestre. O tema rural remete ao cotidiano da vida simples na pesca e na roça. O tema rupestre reverencia  o sítio arqueológico presente no Lajedo de Soledade/RN que possui dezenas de painéis com pinturas rupestres.  Ambos os temas fazem o maior sucesso na Babel das Artes. A maioria de clientes adquire as peças para decorar área de lazer coberta, como varanda ou churrasqueira.

Os desenhos não são padronizados. Podem diferenciar de uma peça a outra. Os desenhos também são feitos à mão, riscados sobre a peça, um a um.

Paraibanos vencem concurso de cerâmica

Várias peças da arte popular paraibana foram vencedoras na categoria Cerâmica Popular no II Salão Nacional de Cerâmica, realizado pelo Museu Alfredo Andersen, em Curitiba, PR. Os artistas participaram do concurso com apoio do Sebrae-PB e do programa ‘A Paraíba em Suas Mãos’. As peças vencedoras estarão expostas na Casa Andrade Muricy, em Curitiba, no período de 5 de novembro a 15 de fevereiro de 2009.

Artesãos premiados: Lucineide Guilhermino ganhou o prêmio Museu Alfredo Andersen com a obra “A rainha das águas”, Vera Lúcia Gonzaga, o prêmio do Governo do Estado do Paraná, com a peça “O Sapo”.

premiada com "A rainha das águas"

Lucineide Guilhermino: premiada com "A rainha das águas"

premiada com "O sapo"

Vera Lucia Gonzaga: premiada com "O sapo"

As duas artesãs são do município de Serra Branca. Madriano Silva, de João Pessoa, foi premiado pela Secretaria de Estado da Cultura com o trabalho “Deuses da natureza”.

Menção honrosa com "O poeta da feira"

Menção honrosa com "O poeta da feira"

Receberão menção honrosa durante o evento de premiação (dia 5/11, em Curitiba) o artista Fábio Smith, de Cabedelo, em referência ao “Poeta da Feira” e Lucineide Guilhermino por sua peça “Louceira do Cariri”.

Menção honrosa com "Louceira do Cariri"

Lucineide Guilhermino: Menção honrosa com "Louceira do Cariri"

Para ver mais obras de Fábio Smith visite a loja dos nossos amigos Marcelo e Cris: a Vila do Artesão. http://www.viladoartesao.com.br/blog

Afinidade no trabalho e no gosto pelo design


A arquiteta carioca Paula Assumpção e a paulistana Bárbara Cantinho, da Triumph, vieram para João Pessoa a trabalho. Estavam supervisionando a instalação de um ponto de venda no shopping local. Na Babel das Artes, Bárbara encontrou o biscoito Garra, com receita produzida artesanalmente no interior de Pernambuco. Entre uma mordiscada e outra, ela viu o colar de cerâmica que estava no manequim. Não resistiu e arrematou na hora. Já Paula se encantou com a mulher de barro do artista paraibano Israel.

Detalhe: confira o anel de Bárbara. Ela contou que desenhou a peça — produzida em prata e madeira certificada — por pura intuição.

Nossas clientes são de luxo, não?

Mandala de cerâmica (VENDIDA)

A paraibana Socorro conta que este colar foi produzido pelo seu professor durante o curso que ela fez em Belo Horizonte. Lindo não?  “É inspirado na civilização Asteca”, diz. A civilização asteca ou mexica foi um dos mais notórios povos a ocuparem a América Central. Em curto espaço de tempo, conseguiram formar um amplo império com população de quase 15 milhões de habitantes. Com a chegada dos espanhóis, as pretensões colonialistas e a cobiça pelos metais preciosos promoverem a destruição desta antiga civilização.

R$ 30,00 + frete

Para saber o custo do frete envie CEP para babeldasartes@gmail.com

Oportunidade: residência artística em Sydney

O Sydney College of The Art Residency, na Austrália, está com inscrições abertas até o dia 14 de Novembro para os artistas interessados em participar do programa nas áreas de cerâmica, curadoria/ pesquisa, desenho e pintura, joalheria e escultura. Os benefícios para o artista são acomodação e estúdio. Em contrapartida, os artistas em residência devem organizar workshops e apresentações.

Para maiores informações acesse o site:

http://www.usyd.edu.au/sca/research/programs/research_residency.shtml

ou envie e-mail para:

researchresidency@sca.usyd.edu.au

O prazer de viajar pelo litoral

De férias pelo litoral nordestino e acompanhados de amigos, Anna Claudia e Barreto estavam no Mercado de Artesanato procurando objetos para decorar a casa em Maringá/PR. Na Babel das Artes eles garimparam o prato de parede quadrado e o vaso de cerâmica produzidos por uma associação de artesãos no Rio Grande do Norte.

Na parede da casa, cerâmica artesanal rupestre

Solange e Helder vieram de Brasília passear em João Pessoa. Na Babel das Artes descobriram a cerâmica de uma associação do Rio Grande do Norte e levaram um prato de parede da coleção Ilha, com desenhos rupestres.

Além dos pratos decorativos, essa associação produz vasos de diferentes formatos e tamanhos, além de pires, cinzeiros e telhinhas.