Mãe e filha — e o amor da colombina

Ana Cristina viu primeiro. Chamou a mãe que também se apaixonou. Incentivada pela filha — que vive em João Pessoa há pouco mais de um ano –, a artista plástica Janer levou para Taquara, no Rio Grande do Sul, a colombina em papel maché de Babá, artesão e cenógrafo paraibano.

Babá inspirou a sua coleção de bonecos de cabaça nos personagens do Cirque du Soleil. Para ver os outros bonecos do artista clique aqui.

Uma resposta para “Mãe e filha — e o amor da colombina

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s