Na Índia, um jardim clandestino feito de lixo

jardim-de-pedra1

Em Chandigarh, na Índia — cidade planejada pelo arquiteto suíço Le Corbusier e considerada a mais limpa do país –, existe um jardim construído só de resíduos. São mais de 20 hectares composto por uma infinidade cabos, barris oxidados, restos de plástico, metal, vidro e louça.

Tudo começou quando o hindu Nek Chand chegou com a mulher a Chandigarh para trabalhar como inspetor de estradas, em 1950. Oito anos mais tarde, Chand começou a colher pedras e o todo tipo de resíduos ao seu alcance. Assim, ele esculpiu com a ajuda da mulher e dos filhos verdadeiras legiões de animais e pessoas de materiais reciclados, embora sempre com medo de que sua criação fosse destruída, por estar em terreno público. O parque ficou em segredo até os anos 70, quando a cobertura de sua existência pela imprensa permitiu que o Jardim de Pedra permanecesse ali. No entanto, apesar das 5 mil visitas diárias, ele ainda não é oficial.

O artista Nek Chand, que expôs mostras de sua obra nos Estados Unidos e na Inglaterra, defende assim o seu jardim: “É lixo, mas é arte”.

E aí? Vamos copiar a idéia no Brasil e fazer um jardim comunitário reciclado?

Fonte: Folha de S, Paulo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s