Meias perdidas geram intercâmbio Brasil x França

meias-orfas11O que você faz quando perde uma meia? Joga fora o outro pé, certo? Nem todos fazem isso. Marcia Carvalho, estilista brasileira que vive há vinte anos em Paris resolveu criar roupas com meias solitárias. Não só as que encontrou na gaveta, mas também as que conseguiu com a vizinhança e com os amigos. A partir disso começou a pensar como disseminar a recuperação, a reutilização e criar novos usos para objetos que perderam a função para a qual foram produzidos. Assim, “Meias Órfãs” virou tema de um projeto que, entre outras ações, deve promover um intercâmbio sociocultural entre artesãos de Alagoas e estudantes brasileiros e franceses. Ganhou até apoio da Prefeitura de Paris e da Escola Internacional de Moda – ESMOD. A ideia é que a aprendizagem extrapole o design para alcançar aspectos antropológicos, sociais e econômicos, em uma perspectiva de desenvolvimento sustentável, permitindo a ampliação de horizontes para as partes envolvidas.
Na conclusão dos trabalhos haverá uma exposição, publicação de catálogo e documentário em vídeo, narrando o percurso do projeto, desde seu início.

meias-orfas61

http://anodafrancanobrasil.cultura.gov.br/br/2009/01/14/meias-perdidas-viram-alta-costura-francesa/

About these ads

2 Respostas para “Meias perdidas geram intercâmbio Brasil x França

  1. Pingback: A estilista compartilha com franceses o seu amor pelo artesanato « Babel das Artes

  2. Pingback: A estilista compartilha com franceses o seu amor pelo artesanato do Brasil « Babel das Artes

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s