Talhas, altares e imagens em exposição no RJ

Começou hoje a exposição “Vozes do imaginário: escultores de Sergipe”, na Sala do Artista Popular do Centro Nacional de Folclore e Cultura Popular – CNFCP, no bairro do Catete, no Rio de Janeiro.
Beto Ribeiro (Humberto Alves Ribeiro), André T.D. (André Torres Dias), Liliu (Ademilson Marcos dos Santos), Pinto Santeiro (Antônio Tavares dos Santos), Mestre Tonho (Antonio Francisco da Silva) e Zé do Chalé Filho (Zacarias dos Santos) atualizam a tradição da escultura em madeira que, desde os tempos coloniais, tem presença marcante em Sergipe em talhas, altares e imagens de igrejas construídas no período. A eles juntam-se tantos outros como Zeus (Jorge Alves Siqueira), Véio (Cícero Alves dos Santos) e Zé do Chalé (José Cândido dos Santos), que, em épocas distintas, também expuseram sua arte na Sala do Artista Popular do CNFCP.

cvirtual02.indd

Vozes do imaginário: escultores de Sergipe de 2 a 9 de agosto
Sala do Artista Popular Rua do Catete, 179 e 181 – Catete
(21) 2285-2545 ramal 221
De 3ª a 6ª feira, das 11h às 18h
Sábado, domingo e feriado, de 15h às 18h – Entrada franca

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s