Em 5 de agosto, João Pessoa comemora 424 anos

No próximo dia 5 de agosto, João Pessoa, a terceira capital mais antiga do Brasil, vai completar 424 anos. Seu primeiro nome foi Nossa Senhora das Neves, mas também já foi chamada de Philipéia e Parahyba. A cidade nasceu às margens do rio Sanhauá e se expandiu até onde está o Centro, tombado em 2008 como Patrimônio Cultural Nacional, pelo Instituto do Patrimônio Histórico Nacional-IPHAN.

Um dos locais mais conhecidos da capital da Paraíba está na beira-mar.  A Ponta do Seixas é o ponto mais oriental das Américas, por isso, em João Pessoa o sol nasce primeiro. A cidade também ganhou fama em 1992 pelo título “a segunda maior cidade verde do mundo” nos eventos da Eco-92 (RJ) em função da Mata Atlântica, em meio à área urbana. Mas a cidade, com 23 km de litoral,  está muito além do sol e mar. Ao chegar por aqui, não deixe de ver o Palácio da Redenção, de 1586, sede do governo estadual, a Igreja de São Francisco de 1589, o Theatro Santa Roza, erguido em 1889,  um dos mais antigos do país, o conjunto formado pela igreja Nossa Senhora do Carmo e a capela de Santa Tereza D’Ávila, construído por frades portugueses no século 18.

Veja a programação de eventos em homenagem a João Pessoa no site da Prefeitura.

Vote em nosso BLOG! É só clicar no selo e confirmar por e-mail!


Anúncios

3 Respostas para “Em 5 de agosto, João Pessoa comemora 424 anos

  1. Nós os paraíbanos, temos muito a nos orgulhar da nossa terra e nossa história nesses 424 anos, não merecíamos lembrar incessantemente um momento tão triste da nossa história e permitir várias interpretações falsas para justificar uma bandeira e um nome para a capital atribuido à um político por interesses partidários. Nos livramos de nomes dados por estrangeiros por um nome genuínamente brasileiro Parayba, onde a cidade nasceu e depois ser jogado fora por interesses de poucos? ainda é um mal menor se perpetuarem o nome de Sarney como nome de capital! porque hoje a informação é democrática e segura “um pouco” imagine naquela época. Eu pergunto sempre aos comterrâneos o significado da bandeira paraibana e o porque da capital João Pessoa e é impressionante os disparates românticos, nunca ouvi duas respostas iguais! Porque os historiadores não pesquisam a verdadeira história? duvido que os paraibanos continuassem se orgulhando dessa mancha que só devria ser lembrada para não se repetir, e não ser repetida como um mantra por todos nós.

  2. Olá Maria, obrigado por participar do blog!
    Independente de questões históricas, também gostamos mais de Paraíba do que de “João Pessoa”, no entanto, é mais pela sonoridade. A palavra Paraíba tem força, tem personalidade. Pena que Paraíba, assim como João Pessoa, também seja um nome “negativo” porque quer dizer rio ruim. Claro que os índios queriam dizer “ruim pra navegar”, mas este “ruim” é também pra baixo, né?
    De qualquer maneira, do ponto de vista da lembrança negativa você tem toda a razão. É um pouco baixo astral uma cidade que tem parte de sua área verde com Mata Atlântica ter uma bandeira manchada de sangue. Bem, este é um debate que a cidade realmente deveria promover.

    Abs
    Francisco e Sandra

  3. Nós os paraibanos temos muito a nos orgulhar da nossa terra e nossa história, em minha opinião foi uma grande perda o nome genuinamente brasileiro dado a nossa capital parayba, nome indígena de um afluente do rio sanhauá onde a cidade nasceu. É comovente que com todo tipo de ocupação, estrangeirismo que enriqueceu nossa lingua, a maioria dos nomes de estados e capitais brasileira permaneçam indígenas ou nome dos santos portugueses.
    Cabe a nossos históriadores contemporâneos pesquisar porque temos o nome da nossa capital e uma bandeira em homenagem a um político, mesmo a história oficial conta que o vice-presidente do Estado que substituiu João Pessoa após sua morte vetou essa lei e foi ignorado pelo grupo que queria transformar o fato num evento politico a favor da aliança liberal, não questiono se essa aliança foi boa ou ruim para o Brasil, mas porque mataram tantos paraibanos simplesmente por terem votado no presidente eleito pelo povo, mas que não tinha João Pessoa como vice-presidente … isso faz parte da história não contada … Como podemos ter memória? Devemos agradecer e muito aos paraibanos conscientes que não desrrespeitaram a natureza mesmo correndo o risco de não ser moderno no século passado.
    Apenas preferia lembrar o nome de um rio, ao falar tantas vezes da minha querida Paraíba, com muito orgulho, segunda cidade mais arborizada do mundo e viva a natureza que nos dar vida!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s