Cresce produção de mel na Paraíba

mel-da-paraibaUm trabalho que alia capacitação e informação uniu os apicultores de 25 cidades provocando uma produção de 66 toneladas de mel em apenas 7 meses. O aumento na produção de mel é fruto do projeto Apis, que capacita apicultores nas microrregiões do Agreste, Brejo, Seridó e Curimataú.

O “case” virou tema do ‘V Seminário Apícola’, na semana passada. O evento destacou como o associativismo — criado a partir do projeto que hoje integra cerca de 200 apicultores — valeu a pena. Antes, os apicultores da região (com 350 pessoas envolvidas) conseguiam produzir, anualmente, de 30 a 34 toneladas.

Um dos motivos que alavancaram a produção foi o projeto do governo federal exigindo a distribuição do mel nas escolas para uma merenda escolar mais nutritiva. A ação gerou um efeito em cascata. Segundo Diógenes Vasconcelos Batista, gerente do Sebrae/PB de Araruna, “com esse projeto conscientizamos o consumidor a utilizar o mel como alimento”. Assim, em função do aumento da demanda, aumentou-se a produção.

Fonte: Agência Sebrae de Notícias

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s