A estética do oprimido: obra póstuma de Augusto Boal

augusto-boalO último livro escrito por Augusto Boal (falecido em 2 de maio deste ano), A Estética do Oprimido, foi lançado ontem no Rio de Janeiro. O evento foi no Centro de Teatro do Oprimido, criado por Augusto Boal em 1986. Em São Paulo, o lançamento acontece no dia 1° de outubro no Teatro de Arena Eugênio Kusnet.

O livro, publicado em parceria pela editora Garamond e pela Funarte/MinC, é considerado por muitos como o testamento estético do autor. A Estética do Oprimido ganhou forma ao longo de oito anos de trabalho de pesquisa coletiva, sendo finalizado pelo autor em janeiro de 2009.

Fundador do Teatro de Arena e criador do Teatro do Oprimido, Augusto Boal chegou a ser condecorado Embaixador Mundial do Teatro pela Unesco, pouco antes de falecer,  e em 2008 foi indicado ao Prêmio Nobel da Paz. A obra reflete o engajamento político de Boal.

Através da arte, ele propõe uma teoria do pensamento sensível para o uso prático, isto é: como instrumento transformador da realidade. O livro convida todos a apostarem na potência mais radical do pensamento: a potência criadora de realidades possíveis.

A ESTÉTICA DO OPRIMIDO
Augusto Boal 256p., 16x23cm, ISBN: 978-85-7617-167-6

Lançamento em SP – 1º de outubro de 2009, às 18h – Teatro de Arena Eugênio Kusnet
R. Teodoro Baima, 94 Centro – São Paulo SP (11) 3259-6409

Fonte: Funarte

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s