Artes Visuais – A rua como lugar de convívio

intervencao-urbana-funarte-da-rua-BHA Funarte inaugura, no dia 15 de outubro, em seu espaço cultural de Belo Horizonte, a quarta exposição da série Da Rua. A mostra “A rua como lugar de convívio” promove um encontro entre o coletivo mineiro Poro, o gaúcho Daniel Escobar e o paulista Shima.

A exposição, com curadoria de Janaina Melo, propõe uma reflexão sobre a efemeridade dos materiais e imagens presentes nas cidades e sobre a forma como esses elementos interferem na paisagem urbana e nos processos de comunicação. Escobar, Shima e o grupo Poro deslocam a percepção do público com suas intervenções, sobreposições e ocupações, que alteram a forma e a qualidade dos materiais utilizados. A partir das possibilidades de participação do espectador, outras camadas de significação são acumuladas.

Com a série de mostras Da Rua, a Funarte pretende contribuir para o debate sobre a institucionalização da pintura de rua e da intervenção urbana – linguagens que, nos últimos anos, saltaram dos muros das cidades para galerias, museus e centros culturais.

Leia mais no site da Funarte

Uma resposta para “Artes Visuais – A rua como lugar de convívio

  1. A arte de rua, é realmente um modo de expressão sem fronteiras, sem escola literária, livre =o)!!
    Beijos
    Val
    http://ovofritogourmet.blogspot.com

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s