Exposição reúne 280 cordéis de José Costa Leite

Estação cabo branco foto

Estação Ciência, em João Pessoa, PB. O mural de José Costa Leite. Foto: Onacir/Flickr

Em janeiro, o cordelista paraibano José Costa Leite, 80 anos, está expondo na lojinha da Estação Cabo Branco – Ciência, Cultura e Artes, em João Pessoa, PB. O artista popular é natural de Sapé e mora atualmente em Condado, zona da mata de Pernambuco.

O lugar é ideal para a exposição do artista, já que é de sua autoria o painel (ampliado pintado pelos artistas plásticos Wilson Figueiredo e Percy Fragoso) na parte externa do  auditório —  fotografado por Onacir.

As xilogravuras de José Costa Leite ilustram inúmeros folhetos – seus e de outros poetas – e ganham status de obra de arte a partir dos anos 1960, quando passam a ser publicadas em álbuns e expostas em museus, no Brasil e no exterior.

Em 2005, José Costa Leite é o convidado especial de uma exposição realizada no Musée du Dessin et de l’Estampe Originale de Gravelines (França), onde realizou oficinas de xilogravura.

Anúncios

Uma resposta para “Exposição reúne 280 cordéis de José Costa Leite

  1. Conheci Costa Leite através dos Almanaques que nos orientava os trabalhos agrícolas e os muitas lições artísticas através da sua grande arte, o Cordel e a Xilogravura. É o que há de melhor na nossa poesia essencialmente popular: Costa Leite, Parabéns, muitos anos de vida. Um abraço de Nelsão.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s