Pintura Naïf expressa como cada povo vê sua própria cultura

Pintura Naïf de Ana Maria Dias

Naif é também chamada de arte ingênua ou primitiva. Os artistas, em geral, são autodidatas. O Brasil junto com a França, a ex-Iugoslávia, o Haiti e a Itália, é um dos “cinco grandes” da arte naif no mundo. As obras de arte naif são consideradas síntese da maneira como cada povo vê a sua própria cultura e país. Na França ou em nações nórdicas, é comum a caracterização do céu de maneira mais pesada, a observação de expressões duras e rostos sombrios. No Brasil, em geral, os quadros são mais alegres e otimistas.

Se você estiver em São Paulo, não perca a exposição que reúne 60 trabalhos inéditos de artistas naif na Galeria Jacques Ardies. Na mostra “Hora do Brasil” é possível ver de festas populares a cenas do cotidiano nas pinturas de Ana Maria Dias, Luciana Mariano, Malu Delibo, Ernani Pavaneli, Lúcia Buccini e Mara D. Toledo.

Galeria Jacques Ardies / Rua Morgado de Mateus, 579, Vila Mariana. Tel.: (011) 5539-7500, São Paulo, SP.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s