Arquivo da tag: analice uchôa

Artista naïf Analice Uchôa lança catálogo em João Pessoa, PB

Analice-uchoa-naifNo próximo dia 2, às 20 h, as a artista plástica paraibana comemora 10 anos de carreira lançando a publicação Arte Naif/Analice Uchôa, onde foram reunidas 100 de suas telas pintadas em estilo Naïf — também conhecida como arte naïve, ingênua ou primitiva.

O objetivo do livro foi organizar e catalogar o seu trabalho por temas que incluem o cotidiano, a religiosidade e até brincadeiras de infância. O livro teve apoio do Fundo de Incentivo a Cultura – FIC/Lei Augusto dos Anjos e concepção editorial de Mary Agra, que também dividiu a coordenação com Elinaldo Rodrigues. O prefácio é do jornalista Oscar D’Ambrósio e do professor Robson Xavier. As fotografias são de Gilberto Stuckert e a editoração eletrônica de Alessandra Fontes.

Paralelamente ao lançamento do Livro a artista naïf estará expondo uma coleção que poderá ser visitada na Galeria Gamela até 16 de setembro.
Galeria Gamela — Av. N.S.dos Navegantes, nº756/101, Tambaú

Anúncios

Clientes de SP foram indicados por amigos

martha+luizfernandoO boca-a-boca da Babel das Artes está funcionando! Os paulistas Martha e Luiz Fernando vieram pela primeira vez à João Pessoa/PB e adoraram a tranquilidade e a beleza do lugar. Visitaram a Babel das Artes por indicação de amigos de São Paulo.

Levaram um trabalho do pernambucano Paulo Caldas e um naïf da pintora paraibana Analice Uchôa. Fã do americano Robert Crumb*, Luiz viu semelhança de seus traços com as xilogravuras do cearense José Lourenço. Martha também levou uma camiseta em algodão colorido com estampa criada por José Altino — uma exclusividade Babel das Artes.

* Robert Crumb é um festejado autor de histórias em quadrinhos underground, internacionalmente conhecido por ter feito, entre outros trabalhos, a capa do lendário álbum Cheap thrills, do Big Brother & The Holding Company, com Janis Joplin nos vocais. Atualmente, as obras do artista podem ser vistas penduradas em casas de milionários ao lado de Pablo Picasso, David Hockney ou polaróides de Andy Warhol.

Vote em nosso BLOG! É só clicar no selo e confirmar por e-mail!


A simplicidade na pintura naïf de Analice Uchôa

quadro-naif-analice-uchoa1

Nesta tela, Analice Uchôa mostra um fragmento de um vila acolhedora — imagem que parece ser sinônimo de espaço e liberdade. As fachadas em art decó remetem ao casario colorido do Cariri paraibano. Bem simples, tocante e essencial.

A artista tem exposições no Brasil e na Europa e está catalogada no Museu de Arte Naïf do Rio de Janeiro.

Tela naïf de Analice Uchôa 20 x 15 cm R$ 120,00

Artesanato paraibano para decorar quarto da menina

Pedro-e-AlessandraPedro e Alessandra são gaúchos, mas vivem em João Pessoa há alguns anos. Adoram o Mercado de Artesanato e já são conhecidos na Babel das Artes. Já passaram por aqui pra presentear amigos.

Agora, vieram em busca de presentes para Joana, a filha de 8 anos do Pedro, que mora no Sul e que ganhou um quarto novo. Escolheram peças ultracoloridas da artista naïf paraibana Analice Uchôa e um lindo anel de escama de peixe. Com certeza, a pequena Joana vai adorar.

Naïf de Analice Uchôa faz sucesso em Portugal

A artista paraibana Analice Uchôa está expondo em uma galeria em Lisboa. Abaixo, quadros da mostra que acabam de ser vendidos no país amigo para apreciadores do estilo naïf, também conhecido como arte ingênua.

É bom lembrar que na Babel das Artes temos, além de algumas das obras de Analice Uchôa, reproduções de várias de suas pinturas em caixinhas para decoração, porta-copos, jogo de memória e outros mimos e presentes, feitos à mão pela própria artista.

Analice Uchoa

Morro Velho, de Analice Uchôa

Analice Uchoa

Casarões de minha cidade, de Analice Uchôa

Analice Uchôa

Novo Testamento, de Analice Uchôa

Informações pelo e-mail babeldasartes@gmail.com

Em cada visita, um garimpo

ritaemarioRita e Mario são de Curitiba/PR e adoram João Pessoa. Já estiveram aqui várias vezes. Nesta passagem, eles descobriram a Babel das Artes. Entraram e se sentiram em casa, pois são fãs de artesanato — ela também é artista, faz colares como o que usa na foto.

Levou brincos em couro, pintados à mão, de um ateliê mineiro. Escolheu também um porta-copos e um Jogo de Memória, com 34 peças, da artista paraibana Analice Uchôa. Tanto o porta-copos – que também é um ímã de geladeira – quanto as peças do jogo, são ilustrados com colardarita3
cenas de telas pintadas pela artista naïf.

A Rita gostou tanto da loja que saiu fotografando tudo.
“Já que não dá pra comprar tudo, pelo menos levo mais na máquina fotográfica”, revelou.

João Pessoa conquista casal do Rio de Janeiro

carlosemaria1O simpático casal Carlos e Maria veio do Rio, mas o carioca é ele. Maria é de Lábria, no Amazonas. Vieram passear em João Pessoa e se apaixonaram pela cidade. “Conheço quase todas as capitais do país. Pra mim, sem dúvida, João Pessoa é uma das melhores, senão a melhor delas”, disse Carlos todo animado.

Na Babel das Artes encontraram uma loja à altura da cidade. Escolheram peças de cerâmica do interior do Rio Grande do Norte, bijoux de escama de peixe feita em Recife/PE, porta-copos da artista plástica paraibana Analice Uchôa e até biscoitos feitos em Gravatá/PE.

Agora que conheceram e gostaram, voltem mais vezes, ok?