Arquivo da tag: arte naive

A simplicidade na pintura naïf de Analice Uchôa

quadro-naif-analice-uchoa1

Nesta tela, Analice Uchôa mostra um fragmento de um vila acolhedora — imagem que parece ser sinônimo de espaço e liberdade. As fachadas em art decó remetem ao casario colorido do Cariri paraibano. Bem simples, tocante e essencial.

A artista tem exposições no Brasil e na Europa e está catalogada no Museu de Arte Naïf do Rio de Janeiro.

Tela naïf de Analice Uchôa 20 x 15 cm R$ 120,00

Naïf de Analice Uchôa faz sucesso em Portugal

A artista paraibana Analice Uchôa está expondo em uma galeria em Lisboa. Abaixo, quadros da mostra que acabam de ser vendidos no país amigo para apreciadores do estilo naïf, também conhecido como arte ingênua.

É bom lembrar que na Babel das Artes temos, além de algumas das obras de Analice Uchôa, reproduções de várias de suas pinturas em caixinhas para decoração, porta-copos, jogo de memória e outros mimos e presentes, feitos à mão pela própria artista.

Analice Uchoa

Morro Velho, de Analice Uchôa

Analice Uchoa

Casarões de minha cidade, de Analice Uchôa

Analice Uchôa

Novo Testamento, de Analice Uchôa

Informações pelo e-mail babeldasartes@gmail.com

Um pedaço de arte naïf no Sul do país

A gaúcha Elza estava passeando por João Pessoa e gostou da arte naïf da paraibana Analice Uchôa, que reproduz a própria obra em jogos infantis, souvenir e presentes. Para prestigiar a artista ela comprou um imã de geladeira, que também pode ser usado como porta-copos. A parte que ela levou para o Rio Grande do Sul representa um casario e ipês amarelos.

Arte Naïf na Babel das Artes

São 29 exposições coletivas, 19 individuais e 3 exposições internacionais. Este é um resumo do currículo da paraibana Analice Rodrigues Uchôa, que desde 1998 pinta e encanta por meio da sua expressão genuína, espontânea e autoditata. No estilo Naïf — primitivo e livre de academicismo — ela retrata o cotidiano com um colorido forte, vivo e singular. É a partir da reprodução da própria obra que ela reveste caixas para guardar de cartões de visitas a pequenos objetos.

A autora, que tem obras no MIAN – Museu Internacional de Arte Naïf, RJ, e no MAPA – Museu de Arte Primitiva de Assis, SP, encontrou na Babel das Artes um novo espaço para dialogar em harmonia com o seu trabalho.
Caixa 6×6cm: R$ 18

Caixa 10×6cm: R$ 23

Caixa 12×8cm: R$ 30

Para saber o custo do frete envie CEP para babeldasartes@gmail.com