Arquivo da tag: audivisual

Audivisual: Cursos e incentivos no Recife/PE

Curso Assistente de Câmera 35 mm – Aulas no Centro Audiovisual Norte Nordeste (Canne) com Andréa Scansani. O objetivo de abordar todas as funções que um assistente e operador de câmera devem desenvolver e atualizar os profissionais da área, além de apresentar novos conceitos através de uma aula dinâmica e objetiva sobre a assistência de câmera. Para isso os participantes estarão em contato com todo o material necessário: uma câmera 35 mm, lentes e acessórios.

As inscrições podem ser feitas até o dia 02 de julho. O resultado sairá dia 09 de julho. Para mais informações, acesse a página da Fundaj.

Concurso de Roteiros Rucker Viana – A Fundação Joaquim Nabuco, através da Massangana Multimídia Produções, da Diretoria de Cultura, lança o edital da VII Edição do Concurso de Roteiros para Documentários Rucker Vieira, destinado a selecionar e premiar dois projetos de curta-metragem digital, com objetivo de estimular a produção independente de audiovisual no Brasil. A novidade é o valor do prêmio, R$ 80 mil para cada trabalho selecionado. O edital, bem como os documentos necessários para a inscrição, encontram-se no site da Fundaj.

Anúncios

Documentário “Lixo Extraordinário” com Vik Muniz é prêmiado em Berlim

Vik Muniz - foto BR Press

O documentário “Lixo extraordinário” (“Waste land”) acaba de ganhar dois prêmios no Festival de Cinema de Berlim (a Berlinale): um de audiência e outro da organização de defesa dos direitos humanos Anistia Internacional (AI).

Com direção conjunta dos cineastas João Jardim e Karen Harley e da documentarista inglesa Lucy Walker, e produção executiva de Fernando Meirelles, “Lixo Extraordinário” foi filmado entre os anos de 2007 e 2009 e mostra trajetória do lixo dispensado no maior aterro sanitário da América Latina, em Duque de Caxias (RJ), até ser transformado em arte pelas mãos do artista plástico Vik Muniz e seguir para exposições internacionais.

Vik Muniz fotografou as pessoas que ganham a vida catando materiais recicláveis e com a ajuda delas criou versões gigantescas de pinturas famosas, como “JL David A Morte de Marat”, JF Millet “O Semeador”, P. Picasso ‘s “Mulheres engomar” ou Atlas Il Guercino’s “.
As fotos resultaram na série “Imagens do Lixo” (2008) e a maior parte da dinheiro arrecadação com o leilão das obras foi revertido para a cooperativa de catadores do Jardim Gramacho, onde fica o aterro.

Marat (Sebastião) foi leiloada por mais de R$ 77 mil

Outros post sobre Vic Muniz aqui e aqui