Arquivo da tag: bordados

Artesãs de favela paulistana expõem em Museu

exposição-artesãs-bordadeiras“Artesãs da Linha Nove”, é um grupo de bordado e costura formada por cerca de 30 mulheres – a maioria mães de alunos do Instituto Acaia – moradoras da Favela da Linha, da Favela do Nove e do conjunto habitacional Cingapura Madeirit, perto do CEAGESP, zona oeste de São Paulo.

Desenvolvendo um artesanato sofisticado, com bordados em painéis, toalhas, colchas e jogos americanos que já homenagearam a Amazônia, o Pantanal, as árvores e pássaros brasileiros, entre outras séries, essas mulheres vão aos poucos deixando de lado suas atividades anteriores, trabalhos pesados e de baixa remuneração. Hoje, as artesãs vendem seus bordados para lojas dos Jardins e da Vila Madalena, gerando renda para suas famílias. Todos os trabalhos são bordados à mão sobre tecido pintado ou cru (linho ou algodão).

Realização | A CASA museu do objeto brasileiro | Instituto Acaia Abertura: 28 de outubro, às 19h30
Visitação: de 29 de out a 18 de dez, de seg a sex, das 10h às 19h
Local: A CASA museu do objeto brasileiro | R. Cunha Gago, 807 – Pinheiros
http://www.acasa.org.br

Bordadeiras de Alagoa Nova/PB obtêm prêmio

bordadeiraHá mais de 50 anos, a tradição do bordado conquista adeptos na cidade de Alagoa Nova (PB). O núcleo que agrega as artesãs é a Cooperativa das Bordadeiras de Alagoa Nova (Cooban), um dos grupos premiados pelo Top 100 de Artesanato realizado pelo Sebrae.
A Cooban surgiu há seis anos, inicialmente como uma associação. Dois anos após seu nascimento, transformou-se numa cooperativa. A entidade reúne 30 artesãs.  A cooperativa produz em torno de 500 peças por mês. Os preços variam de R$ 10 a R$ 250.

Os bordados de Alagoa Nova romperam as fronteiras do município, avançaram pela Paraíba e pelo Brasil. O estilista Ronaldo Fraga foi um dos conquistados por essa arte popular e incorporou um vestido da cooperativa a uma de suas coleções. A Cooban chegou a exportar bordados para a Itália.

Veja aqui mais peças com bordados de Alagoa Nova.

Fonte: Sebrae