Arquivo da tag: de artesanato

Sorriso alegre e muito artesanato na bagagem

otaviapedroÊta casal alegre, esse. Otavia e Pedro entraram na Babel das Artes atraídos pelo sachê perfumado de erva-doce, da artista pernambucana Vera Britto. No rastro do perfume, os olhos se encantaram com a saia bordada e pintada à mão, da estilista Lena Aguiar, também de Pernambuco. Uma viradinha para o lado e lá está o colar Diamantina, feito com escamas de peixe, da coleção da designer Cleide Cunha.

Levaram muito artesanato pra casa e deixaram muita simpatia na loja. Obrigado.

O colar Diamantina é feito artesanalmente por uma associação de mulheres em Recife/PE.

Anúncios

Colares de pedras com palha de buriti (VENDIDAS)

bob0014

Na Babel das Artes, colares artesanais feitos com produtos naturais. Diferentes pedras brasileiras unidas com palha de buriti trançada e sementes.

Obras do artista paraibano Bob.

R$ 45 + frete

Para saber o custo do frete envie e-mail para babeldasartes@gmail.com

Descobrindo o artesanato em escama de peixe

anderson-robertaAnderson e Roberta são cariocas, mas há dois anos são felizes moradores de João Pessoa, de onde não pretendem se mudar tão cedo.

Saíram pra passear e pararam na Babel das Artes, aonde se surpreenderam com a bijuteria e peças de decoração com escama de peixe. Um incentivo forte de Anderson, e Roberta levou um colar Diamantina, da coleção da designer Cleide Cunha. Essa peça é feita artesanalmente por uma associação de mulheres em Recife/PE.

Anderson e Roberta, esperamos vocês mais vezes aqui na loja.

A pequena sereia do nado sincronizado

Veronica veio a João Pessoa participar do Campeonato Brasileiro de Nado Sincronizado junto com a equipe de Minas Gerais, na categoria Infantil B Principiante. Entre um treino e uma prova, ela fugiu um pouco da piscina e trouxe a sua mãe, Rosiléia, até a Babel das Artes. Apaixonou-se pelo palhaço de cabaça e papel machê do artista paraibano Babá Santana. Mais um da turma do Cirque que se vai.

De quebra, elas escolheram um presente pro paizão, que ficou em BH. Três lindas rosas de escama de peixe, da coleção da designer Cleide Cunha.  Essas peças são confeccionadas por uma associação de artesãs de Recife, coordenadas pela designer.

Agora é direto pra piscina tentar aumentar o peso da bagagem com algumas medalhas. Boa sorte!!

Chita de porcelana

O programa Jovem Artesão teve início em 2004 no Museu do Homem do Nordeste, em Recife. A partir de 2005, passou a fazer parte das atividades permanentes da instituição. O objetivo é ampliar o acesso à produção cultural para toda uma geração de jovens do Nordeste do Brasil. Atende 50 jovens entre 16 e 21 anos, que desenvolvem habilidades em oficinas de desenho, pintura, papel reciclado, aulas de passeio e de patrimônio e identidade cultural. Já são três núcleos. A proposta do Programa é abrir um núcleo por ano.

Caneca de porcelana branca, assinada, pintada à mão, do Programa Jovem artesão-PE

R$ 38 – peça única