Arquivo da tag: decoração

Design e reciclagem: decoração de hotel é feita com lacres de latinhas

O Cocoon, na praia de Jaguaribe, em Salvador, BA, apostou na criatividade da comunidade “Costureiras de Latinhas” do Pelourinho e adornou todos os ambientes do hotel com peças decorativas produzidas artesanalmente com lacre de cervejas e refrigerantes.

Os lacres tornam-se agradáveis e suaves ao toque graças à técnica de crochê que une as peças. Assim, tornaram-se revestimentos para sofás, xales para cama, cortinas, tapetes, almofadas, jogos americanos, avental. Até mesmo o cardápio do hotel é revestido com lacres de alumínio que seriam descartados.

Veja mais fotos no site www.hotel-cocoon.com

Anúncios

Decoração regional dá personalidade ao ambiente

Encontramos uma reportagem inspiradora que demonstra como personalizar o ambiente da sala de visitas. É evidente a força do artesanato regional e de produtos feitos à mão para dar um toque regional ao ambiente.  Veja reportagem visual completa no portal Casa & Cia.

Brazilian Soul

Ambientação Brazilian Soul

Peças que ajudam a personalizar - ênfase no "rústico"

Peças com ênfase no "rústico" e feito à mão

Ambientação Nordeste Natural

Ambientação Nordeste Natural

No estilo regional Nordestino: fibras e muita cor

No estilo regional Nordestino: fibras e muita cor

babeldasartes@gmail.com

Artesanato na decoração do apartamento

O apartamento de 50m2 recebeu peças artesanais para dar ginga à decoração. No apoio ao balcão, tem as banquetas revestidas com fios de algodão pela Fundac, cooperativa de meninos de rua do Pelourinho, em Salvador. Na sala, o tapete de algodão produzido pela Cooperativa Mista de Rio de Contas, na Bahia, clareia e amplia o ambiente. A mesa de centro recebeu xale de fuxico da associação de mulheres de Castro Alves, interior do Estado. No lugar de porta, a cozinha recebeu a cortina de contas adquirida na feira de artesanato do Shopping Barra, em Salvador.

banquetas revestida com fios coloridos da Fundac, cooperativa de meninos de rua do Pelourinho, Salvador.

Banquetas com fios coloridos no balcão

Tapete de algodão da Cooperativa Mista de Rio de Contas e, na mesa de centro, xale de fuxico da associação de mulheres de Castro Alves, interior da Bahia.

Tapete de algodão e xale de fuxico na sala

Na entrada da cozinha, cortina de contas da feira de artesanato do Shopping Barra, em Salvador.

Cortina de contas na entrada da cozinha.

Veja matéria completa na Revista Casa e Jardim

Novidades da coleção de Cleide Cunha já estão na Babel das Artes

Cleide Cunha ampliou a coleção de peças decorativas e bijuterias produzidas com escamas de peixe. Além do espelho, elaborou novos cabides e cabideiro de vários ganchos, quadros, flores, além de enfeites para cortina, arranjos florais para parede e vasos entre outros acessórios para decoração. A linha de bijoux também inclui novidades. Nas fotos abaixo, uma pequena amostra de seu estande na X Fenearte que aconteceu no mês de julho, em Olinda-PE.

Cleide Cunha: criatividade com escamas de peixe

A designer Cleide Cunha em seu estande

arranjo-cortina-escama-peixe

quadros-escama-de-peixe

arranjo-escama-peixe

espelho-escama-peixe

bijuteria-escamas-peixe-color

brincos-escamas-peixe-color

Os produtos elaborados com escamas de peixe estão inseridos na categoria de produtos Ecossociais, ou seja, são socialmente justos e ecologicamente corretos. A designer faz questão de rastrear de onde vem a matéria-prima e garante que nenhuma das escamas é proveniente de peixes com pesca proibida pelo Ibama. Além disso, toda a coleção é produzida por uma Associação de Mulheres capacitadas pela designer. As peças de escamas de peixe são coladas com cola à base de água e algumas são tingidas com corantes naturais, não agredindo o meio ambiente.

Mais informações no e-mail babeldasartes@gmail.com


Momento lúdico: viagem no balão de cabaça

balao-de-cabaça-porongo1

balao-de-cabaca-porongo2

Deise e Fred começaram a fazer artesanato por hobby. O sucesso foi imediato e, atualmente, eles têm até plantação de cabaças (porongo) para suprir a demanda para o setor de decoração. Suas peças, sempre com pinceladas alegres, podem ser vistas em restaurantes badalados e lojas de grife infantil no Recife/PE.

Com a temática regional, eles criaram este balão com cabaça, sisal, palha e bonecos de pano. Todos ícones do Nordeste, do imaginário e da cultura popular.  Já a “viagem de balão” pode representar os sonhos de cada um.

balao-cabaca2

balao-cabaca1

balao-cabaca4

Sobre a cabaça: é o fruto mais representativo da cultura nacional — presente em casas ribeirinhas, indígenas e quilombolas do Brasil. A cabaça, também conhecida como porongo, costuma ser partida, polida e até tingida para servir como baldes, bacias, copos e tigelas. Além de objetos, da cabaça também se faz instrumentos de trabalho de pescadores, seringueiros e produtores de farinha de mandioca.

Balão de cabaça decorativo pintado à mão: R$ 139.

Para saber custo de frete envie e-mail para babeldasartes@gmail.com

Vote em nosso BLOG! É só clicar no selo e confirmar por e-mail!


Arte popular pra decorar a casa

marciaesilvia1As irmãs Marcia e Silvia vieram a João Pessoa passear e visitar parentes. Aproveitaram pra garimpar peças para decorar suas casas.

Elas amaram a pintura da artista mineira Heloisa Trindade. Levaram todos os seus gatinhos e pássaros. Marcia ainda levou uma capa de almofada tingida e pintada à mão com a técnica batik, trabalho de uma cooperativa de mulheres de Catolé do Rocha/PB que já faz parte do acervo do museu A Casa.

Prato de parede e vasos de cerâmica para decoração

Prato de cerâmica modelo Ilha R$ 36 + frete

Prato de cerâmica modelo Ilha (côncavo) de R$ 30, 35 e R$ 40 (P, M, G)

Prato modelo Mandala de R$ 15 a R$ 35

Prato modelo Mandala (plano) de R$ 24, R$ 28 a R$ 32 (tam. P, M, G)

Vasos a R$ 35

Vasos a R$ 35 (em temática rupestre)

A coleção de objetos decorativos — feitos de forma artesanal por uma pequena cooperativa de artesãos no Rio Grande do Norte — reúne pratos de parede modelo Ilha (côncavos) e modelo Mandala (plano) nos tamanhos P, M e G, além de vasos (boca redonda, modelo garrafa e decorado com sisal).

São objetos decorativos com dois temas básicos: rural e rupestre. O tema rural remete ao cotidiano da vida simples na pesca e na roça. O tema rupestre reverencia  o sítio arqueológico presente no Lajedo de Soledade/RN que possui dezenas de painéis com pinturas rupestres.  Ambos os temas fazem o maior sucesso na Babel das Artes. A maioria de clientes adquire as peças para decorar área de lazer coberta, como varanda ou churrasqueira.

Os desenhos não são padronizados. Podem diferenciar de uma peça a outra. Os desenhos também são feitos à mão, riscados sobre a peça, um a um.