Arquivo da tag: feito a mão

Flor do Cerrado: artesanato alia talento e técnica

As folhas da árvore moeda são a matéria prima para o artesanato do grupo Flor do Cerrado/DF. A produção é pequena, pois há consciência ambiental. São usadas apenas as folhas que caem das árvores, para não esgotar a planta e não prejudicar a natureza. flor-do-cerrado-moeda

O processo de esqueletização consiste em deixar as milhares de folhas no fogão à lenha por um certo tempo, lavar e separar por tamanho. A esqueletização serve para que as folhas sejam preservadas secas, impossibilitando o desenvolvimento de fungos. Depois é feito crochê com elas para montar as flores. As mulheres da Flor do Cerrado também fazem tingimentos naturais destas flores com urucum, pau-brasil, macela e açafrão. Toda essa técnica é uma arte. A esqueletização torna as folhas delicadas, quebradiças e difíceis de serem crochetadas. É preciso ter uma mão muito delicada para trabalhar. Para se ter uma idéia, para fazer uma cortina de 1,30 x 1,60 m são cerca de um mês de trabalho.  Abaixo o chaveiro da Flor do Cerrado. Clique para ampliar.

chaveiro-flores-cerrado

Na Babel das Artes você encontra o Chaveiro por R$ 35 + custo de frete. Temos outras cores, consulte por e-mail babeldasartes@gmail.com

Bolsa artesanal com pintura, laços e fitas de cetim

bolsa-palha-customizada1

Cada bolsa de palha da artista Silvane tem história e identidade. Sucesso imediato na loja devido ao visual marcante e detalhes caprichados. Da pintura ao acabamento com fitas, sianinhas, botões e bordados, tudo é feito à mão. Em resumo: luxo é ter algo assim, feito com exclusividade e carinho, só para você.

bolsa-de-palha-customizada

Bolsa customizada peça única: R$ 85 + frete

Bolsas artesanais de tecido: lançamento

Bolsa artesanal customizada

Bolsa artesanal customizada (064) R$ 85 + frete

Bolsa artesanal customizada

Bolsa artesanal customizada (050) R$ 85 + frete

Bolsa artesanal customizada (051)

Bolsa artesanal customizada (051) R$ 85 + frete

As bolsas são feitas à mão com retalhos, bordados e customizadas com flores. As cores nunca se repetem, garantindo status de peça única ao acessório. Indispensável para quem gosta de produtos exclusivos, artesanais e diferenciados. Clique e veja Catálogo no álbum “bolsas de tecido” no Flickr.

Para saber custo do frete envie e-mail para babeldasartes@gmail.com ou visite nossa loja virtual clicando no botão abaixo

Galinhas de cabaça pintadas, floridas e felizes

Algumas ciscam, outras chocam. R$ 25 (cada) + frete

Algumas ciscam, outras chocam. R$ 25 (cada) + frete

Estas galinhas remetem à vida simples do interior. Ali elas são criadas ao ar livre, perambulando ao redor das casas. Babá Santana fez esta série só porque estava com saudades de sua infância na roça.

Ciscando: aproximadamente 8 cm larg x 17 cm alt.

Chocando: aproximadamente 7 cm larg x 12 cm alt.

Para saber o custo do frete envie e-mail para babeldasartes@gmail.com

Acessórios artesanais que se destacam na loja

brinco_artesanal_escamas1Os brincos e anéis da designer Cleide Cunha são produzidas com escamas de peixe por uma associação de mulheres no Recife. As escamas — que seriam descartadas e são reaproveitadas — não têm origem em peixes com restrição de pesca pelo Ibama. Algumas peças são tingidas, mas apenas com corantes naturais.
Além de belos, são produtos socialmente justos e ecologicamente corretos. Boas razões para que eles continuem na linha de frente da Babel das Artes.

Brincos (também em modelo anzol) R$ 17 + frete
Anéis (ajustáveis) R$ 12 + frete.

Brincos e anéis nas opções de cores natural, amarelo, rosa e vermelho. Para saber custo do frete envie CEP para babeldasartes@gmail.com

anelescamaspeixe

Porta-chaves de cabaça com design exclusivo

Porta-chaves R$

Porta-chaves ou pendurador R$ 55

R$

VENDIDO

Garimpados em Minas Gerais, estes utilitários chamam a atenção pela beleza, criatividade e pela aplicação dos conceitos básicos de design. Uma peça rústica que alia forma e função ao sotaque regional brasileiro. Perfeito. A designer é Maria Cristina, da Dona de Si.

Obs: Estes porta-chaves são peças únicas.

Carteira de chita desfiada e trançada

Carteiras de chita R$ 48 + frete

Carteiras de chita

Acessório indispensável, as carteiras feitas à mão da Associação As Cabritas de Boa Vista/PB caíram no gosto das mulheres. Estas tem a brasilidade da chita — o que agradou também o mercado europeu. No entanto, apesar das carteiras serem exportadas para Itália e França, as artesãs não utilizam nenhum requinte tecnológico para desfiar a chita e trançar o tecido. É puro trabalho e talento.

As Cabritas são orgulhosas de serem assim chamadas porque o diminutivo traduz o arrojo do animal, atrevido, que a tudo resiste e de tudo come para sobreviver.

Carteira em dois tamanhos e cores variadas

Carteira de chita: R$ 48 (G) R$ 38 (P)

Com fecho imantado

Fecho imantado

Zíper interno e ótimo acabamento

Zíper interno e ótimo acabamento

Para saber o custo do frete envie e-mail com CEP para babeldasartes@gmail.com

Quadros com flor de chita (VENDIDOS)

quadro-flor-de-chita12

quadro-flor-de-chita23

Estes quadrinhos com flores de chita caem bem em qualquer cantinho. Do hall à cozinha, seja qual for o ambiente, ele alegra e remete à simplicidade do Brasil profundo. O acabamento elegante e impecável dá o tom contemporâneo às peças.

R$ 25 (cada) + frete

para saber o custo do frete envie e-mail para babeldasartes@gmail.com

Viagem aventura: do Sul ao Nordeste de carro

vanessaVanessa (no meio) veio de Curitiba de carro com o marido e também com o bebê que aos 4 meses de idade,  já pôs o pé na estrada. A viagem foi tranquila e eles aproveitaram para conhecer outras cidades do litoral brasileiro até chegarem em João Pessoa. Ela avalia que é também um ótimo momento para viajar porque ele ainda mama no peito. Na hora lembrei da jornalista Lucy Needham Viana que teve três filhos com Herbert Viana. Tarimbada em viajens ela escreveu “Viajando com as crianças”. Quem sabe Vanessa poderá também publicar dicas a partir de sua experiência? Fica lançada a idéia.

Na cidade Vanessa encontrou Simone, de Porto Alegre/RS (à esq.) e Elaine, do Paraná (à dir.). Juntas elas se divertiram no passeio pelo Mercado de Artesanato, em Tambaú. Na Babel das Artes, levaram um prato de parede de cerâmica produzido por uma associação de artesãos do Rio Grande do Norte.

Comprinhas de bijoux artesanais

lizbruna1Liz (à dir.) mora em João Pessoa e trouxe sua amiga Bruna, de Goiânia, para conhecer o Mercado de Artesanato, em Tambaú. Com o incentivo de Liz, Bruna descobriu na Babel das Artes uma pulseira  customizada com fitas de cetim, e também um anel e um par de brincos feitos com escamas de peixe, da coleção de Cleide Cunha, produzida artesanalmente por uma associação de mulheres em Recife/PE.

Valeu meninas!