Arquivo da tag: lambe-lambe

Documentário sobre último retratista lambe-lambe vivo de Pernambuco

Com direção de Luiz Santos, o filme-documentário “Cinema de dois tões” aborda a atuação de Antônio Monteiro Góis, o Tonho Ceará, último retratista lambe-lambe vivo de Pernambuco. A exibição faz parte da programação do Assacine da ABD-PB, realizado na Usina Cultural Energisa, dia 28, às 20h. O protagonista do filme estará presente no evento.
A realização do Assacine é da Agência Ensaio em parceria com a ABD-PB e a UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA (COEX).

Usina Cultural Energisa – Rua Juarez Távora 243 | Torre | João Pessoa-PB

Anúncios

Hoje é o Dia Mundial da Fotografia

Neste Dia Mundial da Fotografia, apresentamos a obra denominada “Lambe-Lambe”, série de xilogravuras do artista cearense José Lourenço.

São 15 cenas, impressas em 2008 e agrupadas em uma embalagem “De Luxo” onde o artista popular retrata o “passo-a-passo” do profissional quase extinto: o Lambe-Lambe — o guardião da memória e cronista visual da comunidade. As imagens abordam desde o cenário, a preparação para a foto como “penteando o cabelo” até a revelação e ampliação em monóculo ou papel. Tudo devidamente seriado e assinado pelo artista. Além do resgate da memória desta prática cultural, a série é limitada a tiragem de 100 kits. Arrematamos o final e temos apenas oito.

Clique para ampliar

Lambe-lambe embalagem "De Luxo"

São 15 cenas do cotidiano do Lambe-lambe

São 15 cenas do cotidiano do Lambe-lambe

Cenário para fotografia

Cenário para fotografia

Momento do clique e flash

Momento do clique com "explosão"

Revelação

Revelando e ampliando

Monóculo. É do seu tempo?

Monóculo. É do seu tempo?

As pessoas na sala de jantar

As pessoas na sala de jantar

José Lourenço revelou ter vendido as matrizes da xilo (em madeira) para um fotógrafo-turista-gringo que passou pelo Ceará. Apostamos que é um grande presente para quem é fã de fotografia. Pode ser considerado também um investimento já que o artista é referência brasileira na técnica de xilogravura.

Escreva pra nós! Envie seu CEP para cálculo do frete para babeldasartes@gmail.com

Lambe-lambe: de guardião da memória a patrimônio cultural

Lambe-lambe: cronista visual da sociedade

Lambe-lambe: cronista visual da sociedade

Qual família não tem em casa alguns “monóculos” — pequenos cilindros de plástico onde a foto em miniatura era visualizada contra a luz? E quem nunca viu no álbum de algum parente aquelas fotos nos bancos das praças, de namorados e até mesmo crianças montadas em algum cavalinho ou burrico?

Belo Horizonte/MG aguarda aprovação para que os lambe-lambes tornem-se patrimônio imaterial do município. No Rio de Janeiro o Iphan concedeu o título em 2005.

Segundo o museólogo e pesquisador Abílio Afonso da Águeda, que defendeu tese de doutorado em 2008 na Universidade Estadual do Rio de Janeiro intitulada “O fotógrafo lambe-lambe: guardião da memória e cronista visual de uma comunidade”, o reconhecimento do ofício ajuda a preservar a técnica e ainda dá aos profissionais o status de atração cultural. Ele explica que em Cuba, por exemplo, os fotógrafos de jardins são muito procurados por turistas. Assim, defende a inserção dos lambe-lambe como prática cultural no mercado turístico das cidades.

Foto: overmundo.