Arquivo da tag: lixo

Colabore, separe seu lixo. Em João Pessoa tem coleta seletiva

Separar o lixo não dá trabalho nenhum. Não precisa ter quatro cestos separados. Basta que você tenha dois: um para lixo orgânico (resto de frutas e de alimentos) e outro para recicláveis. como jornal, revista, folhas de papéis, papelões, cartazes, garrafas e potes de vidro, caco de vidro, garrafas e embalagens de plástico, descartáveis, latinhas, enlatados, objetos de cobre e alumínio, ferro e outros.

A coleta seletiva é realizada uma vez por semana. Em breve publicaremos a agenda de coletas.

Anúncios

Rio Jaguaribe agoniza em João Pessoa

fozdoriojaguaribeO rio Jaguaribe é o mais extenso da cidade e tem 13,5 quilômetros.  Não discrimina classe social e passa por bairros tradicionais, como Jaguaribe, e nobres, como Manaíra e Bessa, e pelas comunidades de São José e Chatuba. O rio também passa pelo Jardim Botânico, que é uma das maiores áreas verdes do mundo e separa João Pessoa de Cabedelo (onde ele desemboca poluído no mar, na mesma praia onde temos o projeto para salvar as tartarugas!).

limpezariojaguaribe

A limpeza do rio Jaguaribe pela Equipe de Operações Especiais da Prefeitura começou em março e até agora retirou 800 toneladas de lixo jogados indevidamente pela população em apenas 800 metros de rio. Que vergonha, né? Não pense que o problema não é seu ou que não tem nada a ver com isso — até porque você vive as consequências disso, como por exemplo, as enchentes na av. Beira Rio (foto abaixo).

enchente-beira-rio

Há, claro, outros agravantes para a degradação do rio como a ocupação desordenada e irregular, principalmente na mata ciliar, e esgotos clandestinos. No entanto, vamos ao básico: qualquer resíduo que você joga no chão, na rua — em qualquer bairro — vai para o bueiro (boca-de-lobo, galeria). Dali o caminho é sempre um rio, claro. Então, jogar lixo na rua também contribui para poluir e matar o rio Jaguaribe.

Enfim, basta mudar a atitude e vigiar também os sugismundos. Está disposto a fazer a sua parte? Exija também que as barracas de praia separem o lixo reciclável. E, se você é turista, questione se o hotel separa o lixo. Exija isso ao comprar o seu pacote de viagem. O meio ambiente e os seres marinhos da cidade agradecem.